Tecnólogos Oftálmicos e Ortoptistas

Paquimetria Ultrassônica de Córnea

– Sem necessidade de dilatação
– Uso de colírio anestésico

DURAÇÃO: 5 min
DESCRIÇÃO: Realiza medida da espessura da córnea.
ORIENTAÇÃO AO PACIENTE:
Antes do exame: Verificar com o médico se há necessidade de suspensão das lentes de contato. Para casos de avaliações pré operatórias: 2 a 7 dias sem lentes de contato (dependendo do tipo das lentes e orientação médica).

POSSÍVEIS ARTEFATOS DURANTE O EXAME: Abertura palpebral inadequada; Cílios; Alterações do filme lacrimal; Posicionamento de cabeça; Inclinação da sonda; fixação inadequada; dificuldade de centralização da sonda em casos de dilatação pupilar; reação ao colírio anestésico; compressão durante a medida.

ENTENDENDO O EXAME: A Paquimetria ultrassônica realiza a medida da espessura total da córnea (todas as camadas juntas).

É importante para o acompanhamento de patologias como o glaucoma e o ceratocone, além de muito comum na rotina de avaliação oftalmológica e planejamentos cirúrgicos diversos como, cirurgia refrativa, transplante de córnea e implante de anéis intra-corneanos.

O exame é realizado por equipamentos ultrassônicos que se baseiam na ultrassonografia modo A e necessitam de contato com a córnea para realizar a medida.

Como há uso do colírio anestésico, o exame é indolor.

Importante alertar os pacientes que colírios anestésicos são utilizados apenas em ambiente hospitalar.


Autores:

Carla R. S. Santos
Tecnóloga Oftálmica – UNIFESP – 2010
Mestre em Ciências Visuais – UNIFESP – 2016
Coordenadora – Instituto Verter – 2017

Rodrigo G. Viana
Tecnólogo Oftálmico – UNIFESP – 2000
MBA na prática oftalmológica – Instituto da Visão – 2004
Gestor – Instituto Verter – 2005
Diretor clínico Fundação Special Olympics Brasil – 2009